«

»

maio 10

Guto Campos quebrando barreiras e preconceitos com sua fotografia Plus Size

Por Nana Tavares

Vamos conhecer um pouco do trabalho do fotógrafo Guto Campos, ele sempre fotografou como um hobby, fez diversos cursos  no Grande Angular e hoje trabalha com fotografia de moda Plus Size entre outras áreas.

Acompanhando  sua esposa Fernanda Maia, modelo Plus Size e coroada a Miss Niterói Plus Size em 2015  nos eventos de moda, Guto percebeu  que este mercado estava em expansão, a partir daí despertou uma vontade de se especializar nesta área da fotografia. “Este mundo me encantou, mundo este que vai muito além da captura da beleza, e sim a captura de cada história de superação, rompimento de barreiras, participo de muitos Workshops que além de fotos, dicas de modas e assuntos voltados para o mercado, são marcadas pelos depoimentos, às vezes chocantes demais. Isso é o que gosto, ouvir como uma modelo era o que ela passou e como superou. Isso Levanta a autoestima daquelas que se veem na mesma situação, porém ainda são reféns de si mesmas”.

Guto afirma que o Brasil segue a tendência de moda  de outros países que é bem diferente do nosso, ele acredita que isso não é necessário pois temos aqui tudo para seguir o nosso próprio estilo, tanto na moda quanto no padrão de beleza.  “No Brasil, se colocarmos na ponta do lápis, veremos que temos bem mais público Plus Size do que o “fitness” em geral”.

O fotógrafo vê o mercado de trabalho muito “prostituído” por pessoas que dizem ser profissionais, mas na verdade o que tem nas mãos é apenas um equipamento fotográfico e cobram um baixo valor pelo serviço, prejudicando assim os profissionais que se especializaram, estudaram e que oferecem um trabalho de excelência.  “Os novatos na área (assim como eu), tem que matar um leão por dia para não desistir e se destacar no mercado, buscando um mínimo de reconhecimento para seguir em frente na área que tanto investiu”. Para ele essa concorrência é o seu principal desafio dentro da sua carreira: “o profissional fica à mercê do cliente. Dentre ele optar por preço acessível somente, que na grande maioria o faz, ou pela qualidade em si de um bom profissional, que investiu para entregar ao cliente, a proposta que ele vislumbra, muitas vezes além da expectativa”.

Sua inspiração é o amigo e fotógrafo Filipe Menegoy: “ele luta pela mesma causa que eu, o Plus Size. Digo que ele esta há mil anos luz na minha frente. É um baita profissional. Conceituado no mercado, e que esta sempre inovando buscando tirar o melhor proveito da beleza de cada modelo que fotografa. Ele no momento “é o cara” pra mim. Um dia chego lá”.

Para Guto Campos a fotografia eterniza momentos, por isso  procura registrar a alegria nas suas fotos. “Até as lembranças são perdidas com o passar do tempo, porém a fotografia é o que fica, é através dela que você resgata quase que com exatidão aquele momento vivido. Então procuro dar esta alegria através de cada captura”.

Conheça um pouco mais do trabalho de Guto Campos: